A PROFESSORA

Em 2005 resolvi fazer mestrado em comunicação pela UMESP (Universidade Metodista de São Paulo, onde me formei em Jornalismo em 1999), já pensando em lecionar. No início o desejo de dar aulas era para ter uma vida um pouco mais tranquila, com duas férias por ano e finais de semana e feriado (já que na redação ter todos os finais de semana e feriados livres é impossível).

Antes mesmo de ter sido aprovada na dissertação de Mestrado, comecei a dar aulas na Universidade Bandeirante de São Paulo, a antiga UNIBAN Brasil (atual Anhanguera Educacional), e aí foi paixão instantânea. Me encantei por essa vida de doar e ganhar conhecimento sobre a profissão que eu amo, interagindo com pessoas de diferentes lugares e modos de pensar, fazendo verdadeiros amigos.

Comecei conciliando as aulas com o meu trabalho de editora nas revistas Professional Publish, focada no mercado gráfico, e ANAVE, voltada ao setor de papel e celulose (clique aqui para conhecer minha trajetória na área jornalística), mas pouco a pouco fui aumentando minha carga horária de aulas, até decidir me dedicar mais profundamente à docência, sem tirar, é claro, o pezinho da prática do jornalismo, seja com consultoria na área de comunicação, seja com alguns freelas de reportagem ou mesmo escrevendo para alguns sites.

Passei pela FIAM/FAAM e fui professora e coordenadora do curso de jornalismo da FAPSP, faculdade de comunicação localizada no centrão de São Paulo. Também coordenei lá o MBA em Comunicação Organizacional Integrada. Lecionei ainda no curso de Jornalismo das Faculdades Integradas Rio Branco.

Hoje leciono no curso de Jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da Universidade Anhembi Morumbi.

Em 15/09/2015, meus anos de docência foram coroados com a indicação a um prêmio, que me deixou nas nuvens. Fui uma das professores homenageadas no projeto “Professor IMPRENSA”, promovido pela Revista IMPRENSA, que apontou quem são os docentes de comunicação mais queridos do país (veja a matéria “Conheça os professores mais inspiradores do Brasil na área se comunicação”). Fui uma das mais votadas na região Sudeste. A votação foi feita por alunos e ex-alunos dos professores. Na página da homenagem é possível ler os depoimentos de alguns dos estudantes que participaram da escolha.

Também ganhei em 2015 um prêmio da “Semana Estado de Jornalismo/Prêmio Santander Jovem Jornalista”, tradicional evento da área, promovido todos os anos pelo jornal O Estado de S.Paulo. Recebi uma bolsa de estudos na Universidade de Navarra, na Espanha, uma das principais instituições do mundo no ensino do jornalismo. Ganhei a viagem por ter sido a coordenadora do curso de jornalismo com mais sinergia com seus estudantes durante o evento, estimulando-os na conexão entre a teoria e a prática da profissão.

SCA SÃO PAULO 07/12/2015 - METRÓPOLE - PREMIO SANTANDER JOVEM JORNALISTA - Cerimônia de entrega do 10º Prêmio Santander Jovem Jornalista, Ricardo Gandour ( Diretor de Conteúdo de O Estado de S.Paulo, Roverto Gazzi, Diretor de Desenvolvimento Editorial de O Estado de S.Paulo, Clau Duarte ( Superintendente Executiva de Comunicação Externa do Banco Santander) entregam premio para Vinícius Coimbra, vencedor do prêmio.Finalistas esq/dir - Luis Guilherme Julião, Matheus Nobre, Felipe Magalhães, Luíza Caricati, Sara Abdo e Vinícius Coimbra.FOTO SERGIO CASTRO/ESTADÃO.

SCA SÃO PAULO 07/12/2015 – METRÓPOLE – PREMIO SANTANDER JOVEM JORNALISTA – Cerimônia de entrega do 10º Prêmio Santander Jovem Jornalista, Ricardo Gandour ( Diretor de Conteúdo de O Estado de S.Paulo, Roverto Gazzi, Diretor de Desenvolvimento Editorial de O Estado de S.Paulo, Clau Duarte ( Superintendente Executiva de Comunicação Externa do Banco Santander) entregam premio para Vinícius Coimbra, vencedor do prêmio.Finalistas esq/dir – Luis Guilherme Julião, Matheus Nobre, Felipe Magalhães, Luíza Caricati, Sara Abdo e Vinícius Coimbra.FOTO SERGIO CASTRO/ESTADÃO.

Em 2016, fiquei novamente entre as professoras de comunicação mais admiradas da região Sudeste do país, no prêmio Professor IMPRENSA.

Agradeço profundamente a todos que me proporcionaram essas lindas e inesquecíveis homenagens. E posso dizer com convicção que, em todos esses anos como professora, aprendi muito mais do que ensinei e me tornei uma pessoa melhor.

Rumo a mais dez anos lecionando! E depois mais dez, mais dez … até quando o corpo e a mente resistirem,

Abaixo, algumas lembranças maravilhosas de alunos queridos das diferentes instituições em que lecionei ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s